O que torna um produto mais conhecido e famoso que o outro? Apenas sua qualidade? Sua exclusividade? Preço?

Essas são características muito importantes, mas, na realidade, a maneira pela qual os consumidores vêem e se identificam com um produto tem uma relação direta com o sucesso que pode ser – e é aí que entra o gerenciamento da marca.

Para entender como fazer um gerenciamento de marca bem-sucedido, criamos sete etapas básicas para servir de guia. Verifique!

1. Conheça bem a marca

Podemos entender a marca como a forma que o público vê, identifica e relaciona ao produto. Vai além do logotipo da empresa, do site ou do nome. Estas são partes do que a marca constrói e torna reconhecível. A marca é, portanto, a identidade do negócio.

Para ser capaz de fazer uma gestão de marca bem-sucedida, ela deve ser muito bem planejada e executada. Criar uma identidade significa entender o que a marca deve transmitir ao público e conheça a ideia, o propósito e o conceito o que você quer construir.

2. Determinar o público-alvo

Não é possível agradar a todos e as empresas de sucesso sabem disso. Por isso, selecionam seu público-alvo, para quem suas estratégias de vendas e gestão de marcas são orientadas. Conhecer o público-alvo é essencial para criar melhores maneiras de alcançá-lo e registrar a marca na memória.

3. Definir a estratégia

A partir de uma marca bem construída e de um público objetivo definido, é possível começar a traçar as estratégias de como deixar a marca bem conhecida. Aí vem o marketing, tanto digital quanto tradicional, em campanhas publicitárias, participação em eventos e filmes, relacionamento com clientes em redes sociais, etc.

4. Criar identificação

Para uma marca se torna forte é necessário criar identificação com o público. Faça reconhecer na marca e identifique nela algo essencial da personalidade, necessário como se nada mais pudesse substituí-la ou ser útil em várias situações da vida que não poderiam ser resolvidas sem ela. A marca não vende apenas um produto, ele vende uma experiência.

5. Controlar as impressões

O controle de impressões é a maneira de medir a reação do público-alvo e ajustar a marca conforme necessário. Mesmo, as impressões podem ser medidas por um colaborador direto da empresa, por fornecedores e por outras marcas.

Utilizando uma série de técnicas de marketing, indicadores online de receptividade e rejeição, análises dentro da psicologia social, entre outros, é possível verificar o impacto da marca no mercado.

6. Mantenha o DNA

Embora toda marca deva fazer várias campanhas publicitárias e outras formas de ações de marketing, não pode perder sua identidade ou seu DNA, que é o núcleo que a identifica ou o conceito no qual todas as diferentes campanhas serão estruturadas. Isso garante maior adesão ao público-alvo ao longo do tempo.

7. Proteger a propriedade intelectual

É muito importante, ao criar e desenvolver uma marca, protegê-la de plágio ou uso indevido por outras pessoas ou concorrentes. Para isso, existem algumas formas legais de proteger a propriedade intelectual qual é a marca

Com estes 7 passos, já é possível iniciar uma gestão de marca de sucesso! Você gostou deste artigo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *