Sabemos da importância de ter conteúdos de qualidade para assim ter um bom fluxo de visitante em um site ou até mesmo em um blog, a fim de conseguir novos visitantes e fidelizar os usuários mais antigos. Mas o que muitas pessoas, inclusive do ramo não sabem, é que alem de ter conteúdos de qualidade publicados, temos que conseguir difundir nos buscadores para que tenham mais visibilidade.

Como citei brevemente acima, a propagação do conteúdo por meio dos buscadores como o Google visa encaminhar o usuário que esta em busca de um termo especifico para o seu artigo, claro que se seu artigo estiver falando sobre o termo procurado, assim sendo o usuário pode ficar navegando mais tempo em seu site.

Contudo, quando uma usuário faz uma pesquisa nos mecanismos de buscas, este retorna com muitos resultados, os buscadores organizam os artigos por ordem de relevância e até por similaridade do tema procurado. E como conseguir que seu conteúdo seja entregue para o maior numero de pessoas possíveis? É ai que entra o tão falado SEO que é a sigla Search Engine Optimization, ou seja, a Otimização de Mecanismo de Busca).

Como usar o SEO em meu site?

como já falei acima, Search Engine Optimization (SEO), e é o metodo usado para um site ter melhores resultados de ranqueamento nas paginas de buscas como o google por exemplo. O Seo é dividido em dois fundamentos: a otimização de aspectos internos e a otimização dos aspectos externos.

Os aspectos internos são referentes aos recursos encontrados dentro do site e no próprio conteúdo, sendo interligados com a qualidade da publicação:

  • Título: é um dos elementos mais importantes, tanto para melhor a busca do conteúdo como para atrair leitores. Deve conter a palavra-chave e convidar o visitante a lê-lo.
  • Qualidade do artigo: a utilização de palavras-chave define o tema central de um texto. Portanto, utilizá-las de forma bem organizada dentro do texto e qualidade permite uma posição mais valorizada nas páginas de busca.

Já os aspectos externos estão ligados com a distribuição do conteúdo para alcançar o maior número de pessoas:

  • Link building: essa técnica utiliza os diversos recursos da internet de modo que outros links direcionem seu site, como e-mail marketing, Youtube, entre outros exemplos.
  • Redes sociais: o SEO é muito mais do que apenas colocar palavras-chave em um texto. Os mecanismos de busca já estão utilizando a aceitação do público aos conteúdos publicados para identificar a relevância de cada site.

buscas orgânicas, posicionamento, visitantes

Qual a relação SEO e os mecanismos de pesquisa?

Atualmente, todo mundo utiliza a internet quando precisa pesquisar algo: basta entrar no site de busca e digitar o tema que quiser e essa ação vai retornar inúmeros resultados, os quais são apresentados em duas categorias:

  • Conteúdo patrocinado: principalmente quando o usuário procura por produtos ou serviços, algumas empresas pagam aos mecanismos de busca para colocar os resultados como patrocinador. Dessa forma, é o primeiro resultado que o internauta vai ver.
  • Buscas orgânicas: são os resultados gerais, em que aparecem os conteúdos publicados em sites e blogs que não patrocinam o mecanismo de busca. São esses resultados que são classificados pela relevância e consistem, na maior parte, os resultados das pesquisas.

Portanto, quando utilizada corretamente, a técnica faz com que o conteúdo publicado seja identificado pelo mecanismo como relevante e mais próximo da intenção do usuário.

Como utilizar a técnica de otimização na construção de um artigo?

A otimização consiste em utilizar termos-chave para que o mecanismo de busca identifique aquele conteúdo com mais facilidade, porém não basta apenas colocar várias palavras no texto e esperar pelos resultados: a qualidade também entra na classificação dos conteúdos.

Para utilizar um SEO com maior eficiência, podemos seguir algumas orientações:

  • Utilizar palavras-chave negritadas: quando você utiliza o negrito no texto, está indicando para o site de busca o tema do conteúdo e possibilitando filtrar os conteúdos dependendo da pesquisa do usuário.
  • Pensar no usuário em primeiro lugar: à primeira vista, parece que colocar palavras-chave já resolve para o artigo ser bem recebido pelos sites de buscas. Porém isso gera má qualidade, o que desfavorece a relevância daquele conteúdo. O ideal é promover um texto de qualidade para o leitor.
  • Otimizar as imagens: utilizar imagens para expressar a ideia do artigo é um conceito bem interessante e muitos sites a aplicam. Utilizar tags e renomear as imagens identificando a palavra-chave também ajudam no ranqueamento.
  • Meta description: esse recurso utiliza a palavra-chave aliada com uma breve descrição para indicar ao leitor sobre o que o artigo fala, além de auxiliar o mecanismo de busca a identificar o termo-chave.
  • Palavras-chave: definem o tema central do artigo. Para saber quais utilizar, é possível usar alguns recursos que analisam as pesquisas mais comuns para aquele determinado tema.

O que não deve ser feito para promover seu site

As técnicas de SEO ajudam o conteúdo a ser propagado na internet, porém existem técnicas conhecidas como black hat, que são indesejáveis ou até ilegais. A punição para quem as utiliza é a remoção do conteúdo da base de dados das pesquisas.

  • Exagero de palavra-chave: utilizá-la excessivamente, além de diminuir a qualidade do artigo, pode ser identificada como black hat.
  • Ocultar texto: essa é uma técnica desonesta e consiste em ocultar um texto que contenha muitas palavras-chave. O leitor não vai visualizar, porém os mecanismos de busca vão pensar que o texto está bem direcionado ao tema, influenciando na classificação do site.
  • Cloaking: é a utilização de múltiplos URLs, ou seja, quando o usuário comum acessa a página, vai ver o conteúdo normalmente; porém, quando o mecanismo de busca analisa o site, vê uma página otimizada, de modo a subir no posicionamento.
  • Troca de links: essa técnica consiste em encontrar outros blogs que aceitem trocar links para que ambos ganhem posicionamento. Isso é ilegal, pois é possível ganhar indicações de outros sites apenas fornecendo conteúdo de qualidade.

Até parece tentador fazer o uso de algumas técnicas dessas, porém elas são fáceis de identificar e as penalidades podem ser severas, podendo perder posição nas buscas orgânicas, perder visitas e até ser banido.

Contudo, quem utiliza esses meios facilitadores está denegrindo a própria imagem, já que está afirmando que não tem qualidade e comprometimento para trabalhar e criar um conteúdo de qualidade e diferenciado.

Quer saber mais sobre as técnicas de SEO e como colocar seu site nas primeiras posições das buscas orgânicas? Fique ligado em nosso blog que brevemente falaremos mais sobre esse assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *